Segunda-feira, 10 de Setembro de 2007

Feng Shui

 

       

 

Para conhecermos um bocadinho do Feng Shui, torna-se quase necessário procurarmos saber o que é a energia e como funciona essa energia, nos sítios, edifícios, pessoas e animais.
 
A terra, como ser vivo que é, emana uma série de energias próprias, chamadas de energia telúrica.
 
A emanação da energia telúrica ocorre a partir do centro da Terra, subindo perpendicularmente à superfície terrestre. Como todas as energias, vai afectar os seres vivos, plantas, animais e os homens, de forma positiva (magnetismo) ou negativa (veios de água subterrânea). 
 
Antigamente respeitava-se a natureza e seguiam-se uma série de regras, antes de construir casa, vilas ou cidades. Observava-se os animais, investigava-se e estudava-se o terreno, para determinar se o local não era insalubre, evitando problemas futuros, como doenças e má sorte.
 
Por meio da radiestesia, astrologia e geobiologia, os antigos chineses praticantes de Feng Shui determinavam com precisão os locais onde haviam emanação dessas energias nocivas, determinadas por – pontos geopatogénicos – conhecidos por “portas de saída do dragão” e “veios do dragão” – aonde havia rios subterrâneos.
 
A partir de 1970 surge a geobiologia como ciência que se preocupa em estudar as diferentes relações entre o meio e a saúde dos seres vivo.
 
Essa ciência, nascida dos estudos e observações de vários radiestesistas, comprovou a relação causa e efeito entre a exposição às “emanações telúricas” e as alterações na saúde dos seres vivos.
 
Actualmente, a geobiologia usa informações obtidas por meio da astrofísica, geofísica, geologia, biologia, hidrologia, electrónica, ciências alternativas, esotéricas e, principalmente, da radiestesia.
 
Os profissionais, através do uso de diversos instrumentos, medições e estudos, conseguem determinar se o ambiente está doente e desequilibrado, a causa e foco da doença, os principais efeitos e as curas necessárias.
 
Um ambiente doente e desequilibrado pode causar nos seus frequentadores:
 
o       distúrbios mentais e psíquicos
o       stress, tenção, nervosismo e agitação
o       dificuldade e bloqueio de criação e agitação
o       bloqueio, perdas e estagnação profissional
o       perdas e bloqueio financeiro
o       insónias e distúrbios de sono
o       ansiedade e depressão
o       retenção de líquidos
o       dores de cabeça e no corpo
o       doenças
 
 
  
O que é o Feng Shui?
 
O Feng Shui é a antiga arte chinesa de criar ambientes harmoniosos, tendo surgido há cerca de 5.000 anos, nas planícies agrícolas da China Antiga.
 
Desde então, tendo sofrido de alterações e evoluído chegou até ao dia de hoje, surgindo como uma disciplina capaz de oferecer um sistema completo, ligando-nos intimamente à natureza e ao Cósmico.
Os diagnósticos e resoluções elaborados são capazes de resolver quase todos os problemas envolvendo casas e as pessoas que moram nelas.
 
 
 Esta antiga arte chinesa visa harmonizar o ambiente em que as pessoas vivem e trabalham, proporcionando uma vida mais feliz e cheia de bênçãos cósmicas.
 
Através dos séculos, as suas leis e princípios foram desenvolvidos e transmitidos oralmente de Mestre para discípulo.
 
Para se estudar mais profundamente o Feng Shui, deve-se ter em conta, que se torna necessário fazer um estudo aprimorado e profundo dos 64 exagramas do I Ching e também das leis do yin yang, os opostos complementares, e dos cinco elementos e seus relacionamentos.
 
Todo este estudo é necessário para o modo chinês de ver e entender o mundo e o universo, com os seus relacionamentos e eternos ciclos de mudança.
Trazem em constante lembrança que - “Mudança é a Lei da Vida”.
 
Na natureza, tudo muda e nunca é estável observando o símbolo que representa o yin e o yang. O eterno processo de mudança e mutação mostra ao homem que toda a natureza, o universo inteiro, estão em constante mutação e evolução nunca estagnando e parando no tempo.
Logo, deveríamos agir desta maneira em relação às nossas vidas.
 
Negligenciar que as coisas se transformam, é fechar os olhos para eventos que sentimos durante toda a nossa vida”.
 
O que esperar do Feng Shui?
 
Os efeitos do equilíbrio alcançado com o Feng Shui podem ser sentidos em todos os aspectos da nossa vida.
Ajuda-nos a recuperar e manter a saúde física, emocional e espiritual, harmonizando os nossos relacionamentos.
Colabora também nos aspectos ligados à prosperidade, proporcionando o surgimento de novas oportunidades e o aumento de ganhos financeiros, além de dar-nos a chance de prevenir problemas legais, brigas ou roubos.
 
No entanto, não devemos canalizar para o Feng Shui todas as nossas expectativas de mudança, visto que nem sempre as fortunas ou desgraças estão relacionadas somente ao Feng Shui.
 
O Feng Shui não oferece cura para todos os problemas da humanidade. Ele deve ser entendido como um dos vários sistemas existentes da filosofia chinesa e não como um elixir para todos os males. Ele não traz sucesso da noite para o dia, nem é uma mágica milagrosa. Mas, se aplicarmos os seus conceitos cuidadosamente, ele fará as nossas vidas mudarem de rumo.
 
 
Na cultura chinesa entende-se que as características da vida de uma pessoa são determinadas por cinco factores:
 
  1. Ming ou Destino – É o que se traz de antes do nascimento. São as características imutáveis da vida, e podem ser identificadas por um mapa astrológico, por exemplo.
  2. Yun ou Sorte – São os períodos favoráveis ou desfavoráveis por que uma pessoa passa durante a vida. Podem ser também conhecidos através da astrologia.
  3. Feng Shui ou Ambiente – É a influência do ambiente em que se vive, é a qualidade da vida. Pode ser manipulado pelo homem.
  4. Daode ou Virtude – É o que se faz em benefício do semelhante e da humanidade. Está associado ao desenvolvimento moral e espiritual.
  5. Dushu ou Educação - O quanto nos dedicamos ao nosso aperfeiçoamento pessoal. Inclui o desenvolvimento mental e o auto-conhecimento.
 
Como se pode observar, o Feng Shui representa apenas uma parcela. Cabe a cada um de nós trabalhar sobre os outros aspectos para atingir uma existência plena.
tags:
publicado por salvamedtrad às 16:13

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Múcio Sá

. Alquimia

. MEDITAÇÃO: Apelo ao despe...

. Symphony of Peace Prayers

. Actividades dos Sócios da...

. Feng Shui

. Dietas

. NOTÍCIAS

. Contos da Keiko

. Entrevistas SALVA

. Reviver a Tradição

. YAKUZEN

. História da Salva

. Apresentação.

.arquivos

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds